Maio 2015 ~ Recurso 2ª Fase OAB - Mapa do Direito
Recurso 2 fase OAB

Recurso 2 fase OAB - Mapa do Direito

14 maio, 2015

A prova de 2ª fase do XVI Exame de Ordem Unificado será realizado no próximo domingo, dia 17/05/2015.

Nesses últimos dias antes da prova, mais importante do que tentar aprender novos conteúdos, é procurar descansar, e preparar seu corpo e mente para a batalha que será enfrentada no domingo.

1 - O que fazer no sábado que antecede a prova?
O ideal é apenas descansar, procurar relaxar, não realizar grandes esforços físicos, e não se alimentar com comidas pesadas. Entretanto, caso você esteja inseguro em relação ao conteúdo, é possível fazer uma revisão leve, apenas recordando pontos principais da sua preparação.

Dormir cedo é importante, pois, apesar de que a prova será realizada apenas no período vespertino, seu corpo deve estar descansado ao máximo, vez que serão 5 horas de um duro trabalho manual durante a prova.

2 - E no domingo, o que fazer?
Nas horas que antecedem a prova, já não vale a pena tentar estudar nada, nem mesmo revisar, pois o conteúdo que você vai utilizar na prova já foi consolidado durante sua preparação.
Desta forma, tire a manhã do domingo para descansar, ouvir músicas, e tentar esvaziar sua mente para controlar a ansiedade, evitando um desgaste desnecessário. Caso bata o nervosismo, tente se acalmar, respirando profundamente e lentamente.
Jamais vá para a prova sem almoçar. Lembre-se, a prova de 2ª fase é muito mais cansativa do que a de 1ª fase. Provavelmente você irá utilizar todas as 5 horas do exame, então estar bem alimentado é essencial para a realização de uma boa prova.

Entretanto prefira alimentos mais leves, que você esteja acostumado a comer, e não se esqueça de levar alimentos e líquidos para a prova.

3 - Confira seu material de prova
Além de alimentos, chocolates, água e suco, confira todo o material que você vai utilizar durante a prova. Cheque se suas canetas estão funcionando (não conte com a sorte, leve no mínimo duas canetas), e principalmente confira seu material de pesquisa.

Para quem comprou um Vade Mecum específico para a sua área, vale a pena também levar um Vade Mecum geral, pois pode ser necessário consultar alguma lei que não conste no material específico.
Não se esqueça de sair mais cedo de casa, lembra aquele engarrafamento que você enfrentou na entrada da prova na 1ª fase? Ele estará lá novamente te aguardando na 2ª fase!

4 - Estou com a prova em mãos, e agora?
A primeira coisa, antes de abrir o caderno de prova, é respirar fundo, e focar seu pensamento positivo na sua aprovação. Não deixe o desespero tomar conta de você!
Uma dica que me ajudou bastante foi começar a prova pela peça prático-profissional. Procure fazer a peça sem ao menos ler as outras questões, para estar 100% focado em seu desenvolvimento.
Nesse momento, não deixe o nervosismo te atrapalhar, então tome os cuidados necessários para não ter sua prova identificada, ou seja, nada de assinar seu nome, ou inventar dados que o problema não trouxe.

Ao fazer a primeira leitura do problema, identifique para quem você irá advogar, se para autor ou para réu, e leia novamente o problema com o seguinte pensamento: "Eu sou advogado do (autor/réu), tenho que defender os interesses dele, mesmo que eu discorde de seu direito".

Na peça, você não está atuando como Magistrado, ou seja, você não deve tentar fazer justiça e ir pelo caminho que entende ser o mais justo, mas sim, defender o seu cliente em TODOS os pontos que for necessários.

Lembre-se ainda que a sua aprovação não está na estrutura da peça, mas sim nas teses, que costumam valer cerca de 4 pontos. Portanto, se estiver em dúvida sobre algo relacionado à estrutura, não se preocupe, direcione seu foco à resolução das teses.

Caso esteja em dúvida sobre qual é a peça, anote todas as informações processuais que o problema forneceu, e faça uma régua processual, lembrando que o processo sempre segue o trâmite legal.


5 - Controle do tempo
A grande dificuldade da 2ª fase da OAB é o curto tempo. 5 horas é pouco tempo para a solução de 1 peça, e 4 questões com 2 perguntas cada. Desta forma, você não pode perder tempo, sob pena de não conseguir resolver toda a prova.

Acompanhe as instruções dos fiscais sobre os horários, e controle o tempo que está gastando. Se verificar por exemplo que não haverá tempo para fazer rascunho das questões, utilize o rascunho somente para anotar os artigos que irão fundamentar a resposta.
Por falar em questões, se perceber que vai gastar muito tempo para solucionar alguma, a deixe para o final, pois é muito importante responder o máximo de questões possível, e tentar não deixar nenhuma resposta em branco.
Caso você saiba a resposta, mas não consiga encontrar a fundamentação, sem problemas, é melhor responder com as suas palavras do que deixar em branco, pois caso seja necessário, essa resposta, mesmo que sem fundamento, poderá ajudar em um eventual recurso.

- Conclusão
Utilize esses últimos dias que antecedem a prova para descansar e se preparar, principalmente psicologicamente, para a realização da prova. A ansiedade é normal, mas pode ser controlada, caso você siga alguma religião, faça suas orações, e independente de religião, foco no pensamento positivo e tenha fé que a sua aprovação chegou!

Uma ótima prova!!


13 maio, 2015

No dia 11/05/2015, o coach Almir Neto ministrou uma mini-palestra para cerca de 1000 alunos, sobre o tema "O entendimento do TRT 18ª Região acerca do Assédio Moral como motivo ensejador da Rescisão Indireta do Contrato de Trabalho".

A apresentação foi realizada no Teatro Rio Vermelho, no Centro de Convenções de Goiânia, durante a XVI Semana Jurídica do Centro Universitário de Goiás - Uni-Anhanguera.

Confira o vídeo da apresentação na íntegra!


Confira as fotos da apresentação.






08 maio, 2015

O maior medo do candidato na 2ª fase da OAB é não conseguir identificar corretamente a peça prático-profissional a ser desenvolvida. Esse medo é, em partes, justificável, pois a identificação incorreta da peça resulta na atribuição de nota zero, e a consequente reprovação.

Entretanto, nos últimos exames temos visto que identificar a peça não é uma tarefa tão complexa assim, vez que, em regra, o enunciado é bastante claro, e não deixa dúvidas em relação a qual peça deve ser elaborada.

Há alguns passos que podem te auxiliar na hora de identificar qual peça deve ser desenvolvida.

BAIXE GRÁTIS O EBOOK "10 PASSOS PARA A APROVAÇÃO NA OAB"

1 - Interpretar corretamente o enunciado

É extremamente importante que você leia o enunciado no mínimo por 3 vezes. A primeira leitura somente para entender qual é o assunto, a segunda leitura com mais calma, destacando as palavras principais, e a terceira leitura para garantir que nenhuma informação importante foi deixada de lado.

A informação mais relevante é descobrir quem é o seu cliente. Sim, você deve saber se está advogando para o autor, para o réu ou para um terceiro. ATENÇÃO: Se você escolheu Direito Penal, é comum que seu cliente seja o réu. Mas cuidado, nem sempre isso irá ocorrer. Basta verificar o XV Exame da Ordem, que cobrou uma Queixa-Crime.

2 - Destaque as palavras que descrevem atos processuais

É interessante destacar as palavras que remetem atos processuais, informações como "foi proposta Reclamação Trabalhista", ou "proferida a sentença", ou então "a sentença transitou em julgado".
Após destacar essas palavras, crie uma pequena régua processual em seu rascunho, escrevendo os atos que acabou de destacar. Com isso, para saber qual é a peça correta, você deverá analisar o último ato processual, e lembrar qual é o próximo passo.
3 - Durante os estudos, monte a sua própria régua processual

O estudo para a 2ª fase do Exame da OAB é extremamente técnico. Não se preocupe tanto com o Direito Material, vez que você poderá consultar a legislação durante a prova.
Por outro lado, o estudo do Direito Processual deve ser reforçado, e o ideal é que você saiba a ordem de todos os atos processuais da área que você escolheu.
Além disso, você deve estar preparado para TODAS as peças possíveis de serem cobradas. Saiba que é impossível prever qual peça vai cair, então não leve tanto em consideração as sugestões que muitas pessoas fornecem sobre qual peça pode ser escolhida.

Uma boa forma de estudar o fluxo processual da sua área, é montar a sua própria régua processual, abrangendo todas, ou quase todas peças possíveis. Essa régua certamente também será útil nas questões que tratarem de Direito Processual.

Deixo abaixo a régua processual trabalhista que eu elaborei quando estava me preparando para a minha prova. Além do nome da peça, coloquei algumas informações que me auxiliaram a compreender e memorizar a ordem dos atos processuais.
Obs.: Essa régua foi elaborada em setembro de 2014, ou seja, não está de acordo com as últimas alterações processuais trabalhistas.

Se gostou das informações, comente e compartilhe com seus amigos!! Um abraço e boa prova!













"Planejamento e disciplina formam a ponte que liga nossos sonhos às nossas realizações."