Março 2015 ~ Recurso 2ª Fase OAB - Mapa do Direito
Recurso 2 fase OAB

Recurso 2 fase OAB - Mapa do Direito

30 março, 2015

Muitos estudantes que estão se preparando para o Exame da OAB estão comentando sobre a aplicação do novo Código de Processo Civil nas próximas provas.

Entretanto, o novo CPC, apesar de já ter sido sancionado, no dia 16/03/2015, prevê um prazo de 1 ano de "vacatio legis", ou seja, somente irá entrar em vigor no dia 16/03/2016.

Baixe GRATUITAMENTE o ebook "10 passos para a aprovação na 1ª fase da OAB"

O edital do Exame da OAB determina que somente serão cobrados no exame legislações que entraram em vigor após a publicação do edital. Assim, o Novo CPC não será objeto de questões antes de março de 2016.

Além disso, é bem provável que ainda haja alguma prova a ser realizada após março de 2016 que ainda não cobre o Novo CPC, vez que o XIX provavelmente deverá ter seu edital publicado antes do fim da "vacatio legis" do novo código, e a realização da prova de 2ª fase após março de 2016.

Se a FGV mantiver o calendário de provas que vem utilizando nos últimos anos, o edital do XX Exame de Ordem deve ser publicado após março de 2016. Portanto, o Novo Código de Processo Civil deve ser objeto de questões somente no XX exame, em meados de 2016.

Ou seja, se você está estudando para o Exame da Ordem, ainda não está na hora de estudar o Novo CPC, muito pelo contrário, o ideal é reforçar os estudos para garantir a aprovação antes da entrada em vigor do novo código, vez que ele certamente irá afetar diversas outras disciplinas, como Trabalho, Administrativo, Constitucional, Empresarial e Tributário.

Bons estudos!

24 março, 2015

Todos ficamos assustados com o grau de dificuldade da prova de 1ª fase do XVI Exame Unificado da Ordem dos Advogados do Brasil. A Fundação Getúlio Vargas realmente "pegou pesado" no certame. Talvez devido à repescagem, a banca esteja realizando uma filtragem na 1ª fase, para tentar manter o baixo número de aprovações finais no exame.

De qualquer forma, algumas questões dessa 1ª fase, indiscutivelmente contém erros que podem gerar anulações. Mas será mesmo possível que a banca anule 11 questões? Não! É sabido que a FGV não tem um histórico de anulações, mesmo quando há erros graves nas questões.


Nos últimos exames, tivemos poucas anulações, apesar de que o XV exame contou com 2 questões anuladas. De qualquer forma, é possível acreditar que a FGV vá anular ao menos 1 ou 2 questões, no máximo 3. Mais do que isso, seria uma grande surpresa.

Desta forma, quem acertou 37, 38 ou 39 pontos ainda pode ter uma esperança, e começar os estudos para a 2ª fase, até porque esse estudo não será jogado fora caso não hajam as anulações.

Os professores do Complexo de Ensino Renato Saraiva, através do Portal Exame de Ordem, e do Damásio Educacional, elaboraram os textos dos recursos referentes a 11 questões da 1ª fase do XVI exame.

Para acessar clique nos links abaixo:

Recursos Damásio: http://servicos.damasio.com.br/oab/pdf/fundamentos_recursos_XVI.pdf
Recursos CERS: http://blog.portalexamedeordem.com.br/blog/2015/03/todos-os-recursos-do-portal-para-a-1a-fase-do-xvi-exame-de-ordem/

Estamos na torcida pelas anulações, entretanto, caso não venham na quantidade que você precisa, levante a cabeça e bola para frente, continue estudando firme em busca do seu objetivo!

Fonte: Damásio Educacional e Complexo de Ensino Renato Saraiva (Portal Exame de Ordem).

15 março, 2015

A prova da 1ª fase do XVI Exame Unificado da Ordem dos Advogados do Brasil foi realizada hoje, dia 15/03/2013. O exame é composto por 80 questões, sendo necessário acertar 40 questões para ser aprovado. O resultado preliminar dos aprovados para a segunda fase sairá no dia 30 de março. O resultado final da primeira fase, após análise de recursos, será divulgado no dia 17 de abril. A segunda fase está prevista para o dia 17/05/2015.


Confira abaixo o gabarito oficial preliminar da 1ª Fase do XV Exame da OAB





10 março, 2015

Tão importante quanto estudar arduamente por meses, é preparar seu corpo e mente para a batalha de 5 horas que você enfrentará ao realizar a 1ª fase do Exame de Ordem. Portanto, é aconselhável seguir algumas orientações, para garantir que todo o seu potencial possa ser utilizado de forma eficiente durante a prova.
         


Véspera da prova

            No dia anterior ao exame, diversos cursinhos preparatórios oferecem os tão famosos Dia D, que são um aulão com vários professores, fornecendo dicas de todas as disciplinas cobradas na prova. Esses aulões geralmente ocupam o dia inteiro, iniciando por volta das 8 horas da manhã, e encerrando em torno das 19 horas.

            Trata-se de um dia inteiro de aulas, o que certamente será cansativo, e pode prejudicar o descanso necessário antes da prova. Mas então, vale ou não a pena participar dos aulões? Essa decisão deve ser pessoal, pois se você acredita que está muito bem preparado, pode ser melhor utilizar o sábado para descansar. Por outro lado, os aulões podem ajudar bastante na motivação para a prova, e fornecem algumas dicas úteis.
            De qualquer forma, o mais importante no sábado que antecede a prova, é procurar descansar, tentar dormir cedo, não ingerir bebidas alcoólicas, e realizar refeições leves, nada que possa causar um problema estomacal ou intestinal no domingo. Deixe para ir para a balada no domingo, após a realização da prova e conferir que foi aprovado!
            Se tiver que comparecer em alguma festa, evento social ou familiar, NÃO VÁ. Não tem problema nenhum ser antissocial no dia anterior a essa importante prova.

            Além disso, o sábado é o dia para você preparar os materiais que serão utilizados no certame. Compre no mínimo duas canetas com tubo transparente, de cor preta (teste para garantir que estão funcionando), e separe os líquidos e comidas que irá consumir durante a prova.

            A hidratação durante a prova é essencial, portanto, leve água ou suco. Tão importante quanto a hidratação é a alimentação. E neste momento você está liberado da dieta :)  Leve chocolates, bolachas (ou biscoito?), e outros alimentos para garantir que você não passará fome no período da prova. Mas não exagere, nada de levar pipoca de micro-ondas ou alimentos gordurosos!!

            Outra tarefa a ser realizada no sábado é conferir o seu local de provas. Acesse o site da FGV e verifique qual local, sala, bloco, andar. O exame é realizado às 13 horas do horário de Brasília, ou seja, se a sua cidade está em outro fuso horário, verifique qual a hora que corresponde ao horário da capital federal.

            Separe ainda seu documento de identificação com foto, e um agasalho, mesmo que na sua cidade esteja fazendo um calor de 40 graus, pois você pode ter o azar de ficar em uma cadeira bem em baixo do ar-condicionado, e perder a concentração por estar tremendo de frio.

            A última dica para a véspera da prova é a mais difícil: conseguir dormir cedo. Neste momento a ansiedade vai tomar conta de você, e o sono vai desaparecer. A única coisa a fazer é tentar manter a calma, respirar profundamente, tentar se desconectar da tensão, e ter em mente a sensação de dever cumprido, pois a sua preparação foi suficiente para a aprovação.

O domingo da prova

            No domingo você já deve acordar com tudo organizado. Já separou canetas, alimentos, bebidas, sabe onde será realizada a prova, e já finalizou a sua preparação. Mas o nervosismo e ansiedade aumentam a cada minuto que se aproxima o horário de início da prova.

            A recomendação é que você não tente estudar no domingo pela manhã, pois você já estudou tudo o que deveria, e não vai adiantar nada tentar aprender novos conhecimentos em algumas horas. Se a leitura é algo que te acalma, leia algum resumo de ética, mas de leve, sem se concentrar muito.
            A meditação pode ajudar a manter a calma. Então para baixar os batimentos cardíacos, fique em um local calmo, respirando profundamente, e tentando não pensar em nada. Por fim, lembre-se que a ansiedade não ajuda em nada, e a parte mais difícil já passou, agora é tudo questão de colocar em prática o conhecimento adquirido.
            O almoço de domingo será em um horário atípico, dependendo da distância da sua casa até o local de provas, você terá que almoçar por volta das 10:30 da manhã. Não cometa o erro de ir para a prova sem almoçar, isso seria muito prejudicial ao seu desempenho. Outro erro é comer algo muito pesado. Deixe a feijoada para depois, coma algo leve, uma boa sugestão é peito de frango grelhado com macarrão ao alho e óleo.

            Antes de sair de casa, lembre-se que centenas, talvez milhares de pessoas estarão indo para o mesmo lugar ao mesmo tempo, então programe-se para enfrentar um congestionamento. O ideal é chegar no local de provas 1 hora antes do início, então calcule o prazo do trânsito, para não ter que correr o risco de encontrar os portões fechados.
Lembre-se ainda que nesse domingo, dia 15/03/15, está programada uma manifestação nacional, portanto, é melhor sair ainda mais cedo de casa!
            Ao chegar no local do certame, se encontrar amigos, não converse sobre a prova, fale sobre outros assuntos para tentar descontrair, e por favor, não dê moral para o que outras pessoas estão falando. É muito comum candidatos se desestabilizarem emocionalmente por ouvir o que outras pessoas estão dizendo antes de entrar na sala. Ouvir um candidato dizendo que estudou 12 horas por dia, ou que ele ouviu falar que uma lei foi aprovada dias antes do edital e pode cair na prova, pode tirar a sua concentração e prejudicar seu desempenho.

            Espero que você tenha gostado das dicas, te desejo muito boa sorte, bons estudos e foco na aprovação. Para finalizar deixo uma frase motivacional: "Planejamento e disciplina formam a ponte que liga nossos sonhos às nossas realizações." (Pat Tillman)

03 março, 2015

Quem está se preparando para a 1ª fase do Exame da Ordem dos Advogados do Brasil, elaborado pela Fundação Getúlio Vargas, deve saber que o exame é composto por 80 questões de 17 disciplinas diferentes, e que a banca (de forma maldosa na minha opinião), não separa a prova por disciplinas.

Ou seja, desde a 1ª questão, até a questão 80, não há nenhum tipo de informação sobre qual é a disciplina das questões seguintes. Assim, fica mais difícil a vida dos candidatos que preferem selecionar as matérias que desejam responder primeiro.

Felizmente, a FGV procura colocar as disciplinas quase sempre na mesma ordem, que atualmente é a seguinte:

1 a 10: Ética
11 e 12: Filosofia
13 a 19: Constitucional
20 a 22: Direitos Humanos
23 e 24: Internacional
25 a 28: Tributário
29 a 34: Administrativo
35 e 36: Ambiental
37 a 43: Civil
44 e 45: ECA
46 e 47: CDC
48 a 52: Empresarial
53 a 58: Processo Civil
59 a 64: Penal
65 a 69: Processo Penal
70 a 75: Trabalho
76 a 80: Processo do Trabalho
Então surge a dúvida: Devo resolver as questões pela ordem da prova, de 1 a 80, ou dividir por disciplinas e resolver primeiramente as questões que tenho maior conhecimento? Essa é uma dúvida que divide grande parte dos candidatos e também dos professores, e, infelizmente, não há uma resposta definitiva.
Eu particularmente, sempre gostei de dividir as disciplinas, e responder primeiro as matérias que tenho maior afinidade, e deixar as disciplinas "pequenas" para o final. Gosto dessa forma pois o meu desempenho ao responder provas cai muito após as 2 primeiras horas, então nessas horas iniciais procuro acertar o maior número possível de questões.

- A escolha é pessoal
Entretanto, essa escolha deve ser feita com base nas características pessoais de cada pessoa. A minha sugestão é que você faça um teste em casa. Ao realizar seu próximo simulado, tente identificar as disciplinas e anotar na prova, e responda pela ordem de conhecimento que você tem em cada matéria.

Se você gastar mais de 10 minutos para identificar as disciplinas, talvez seja melhor seguir a ordem da prova e não se preocupar com isso, pois esse tempo pode ser precioso no final, principalmente se você costuma utilizar todas as 5 horas para a realização da prova, lembrando ainda do tempo necessário para marcar o gabarito.
Por outro lado, se você tem leitura dinâmica, e consegue facilmente identificar as disciplinas, e tiver certeza que esse tempo dispendido não irá prejudicar no resultado final, separar as matérias pode ser uma boa opção para aumentar sua produtividade durante a prova.
- Inicie sempre por Ética
Independente da forma que você resolver realizar a prova, isso é algo que você deve decidir ANTES do dia da prova, e não algo para ser decidido na hora da prova, e lembre-se, Ética é, sem dúvidas, a disciplina mais importante do exame, então vale a pena SEMPRE iniciar a prova resolvendo suas 10 questões.

Boa prova!
"Planejamento e disciplina formam a ponte que liga nossos sonhos às nossas realizações."